De modo geral a complexidade de um projeto tende a aumentar proporcionalmente com o número de atividades e com a sua rede de precedência correspondente. O agrupamento de atividades com características afins possibilita organizar o escopo do projeto a partir de uma abordagem específica. Essa organização denomina-se Estrutura Analítica do Projeto (EAP). Comumente faz-se a EAP antes de se criar a lista de atividades: de uma abordagem genérica para uma abordagem específica. Mas isso não é uma regra e, portanto, o planejador poderá criar as atividades e depois organizá-las em uma EAP.

A EAP – Estrutura Analítica de Projeto (WBS – Work Breakdow Structure) é o arranjo hierárquico dos produtos e/ou serviços, ou fases do projeto produzidas durante a execução do projeto. Cada nó da EAP pode conter vários níveis, atividades ou ambos.

A EAP pode ser adicionada ao plano do projeto ou programa após ele ter sido criado. Quando um projeto é criado, o seu planejador deve criar:

  • Desenvolver a EAP;
  • Vincular os itens da EAP com os itens de OBS;
  • Vincular os documentos de referência dentro de cada item da EAP;
  • Definir os critérios de análise de desempenho.

A figura a seguir mostra um exemplo de Estrutura Analítica de Projeto:




O vídeo mostra como criar a EAP:

Essa EAP construída no Primavera P6 resultaria em:


Anterior Página Inicial - Programação do Curso - Recursos Próximo
Última atualização: segunda, 6 janeiro 2020, 11:07